Incra dá R$ 108 mil a assentado por engano

Incra dá R$ 108 mil a assentado por engano

 

O assentado José Rodrigues Porto, do Assentamento Pirituba, em Itapeva (SP), descobriu em janeiro que tinha R$ 108 mil na conta, dinheiro depositado pelo Incra. Como ele coordena projeto de habitação, achou que a verba seria para o acabamento das casas. No banco, foi orientado a apresentar projeto que justificasse o levantamento da importância. Quando apresentou os documentos ao Incra, o funcionário disse que não havia previsão da verba. Na semana passada, o Incra estornou o depósito sob a alegação de que era para outro assentamento. "A impressão que tive é de que o Incra está bagunçado", disse Porto.

 

Fonte: OESP, Terça-Feira, 20 de Maio de 2008 


Notícias Anteriores